C

 

 

       Parque Nacional Chapada Diamantina

 

 

 

O Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) situa-se no centro do Estado da Bahia (BA) e foi criado pelo Decreto Federal N°. 91.655, de 17 de setembro de 1985, ocupando uma área de aproximadamente 152.400ha. Seu objetivo, segundo o Decreto de Criação, é proteger amostras representativas da serra do Sincorá, uma das feições que compõem a chapada Diamantina que, por sua vez, faz parte da serra do Espinhaço. Além disto, o Parque é uma área rica em nascentes, em uma região seca, e tem exuberante beleza cênica, tornando-o atraente para o turismo.

Um parque nacional é uma UC de proteção integral, ou seja, onde é admitido apenas o uso indireto dos seus recursos naturais (Art. 7º. § 1º., da Lei do SNUC). Ainda segundo a referida Lei, um parque nacional “tem como objetivo básico a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico” (caput do Art. 11). Por outro lado, o Regulamento dos  Parques Nacionais Brasileiros (Decreto Federal Nº. 84.017/1979) estabelece as normas

específicas desta categoria de UC, tanto com relação ao uso público como com relação às demais atividades a serem exercidas.

 

Como Chegar

 

ÔNIBUS (a partir de Salvador)

Para Lençóis e Palmeiras (Vale do Capão)
Real Expresso 0800 600-1155

www.realexpresso.com.br

 

Para Andaraí (Igatu), Ibicoara e Mucugê
Viação Águia Branca 0800 725-1211

www.aguiabranca.com.br

 

AÉREO (de Salvador para Lençóis)
Aeroporto Horácio de Matos (Lençóis).
Trip Linhas Aéreas
0300 789-8747 / 0800 722-8747

www.voetrip.com.br

 

De carro

Em média: 420km de Salvador.

Tempo médio: 06 horas e 30 minutos.

 

Saída de Salvador pela BR 324 sentido Feira de Santana, seguir pela BR 116 com duas opções a seguir:

Primeira opção pela BA 052 (Estrada do Feijão/ Ipirá) até Ipirá onde segue pela BA 488 até Itaberaba onde segue pela BR 242 sentido Brasília. De Itaberaba segue passando primeiro pelo entroncamento com a BA 142 que vai para Andaraí, Igatú, Mucugê e Ibicoara, adiante tem o entroncamento para Lençóis e por último Palmeiras e Vale do Capão.

Segunda opção, seguir pela BR 116 até o entroncamento com a BR 242 sentido Brasília, segue até Itaberaba e depois continua pelo mesmo caminho da opção anterior.

 

Informações Gerais

 

Nome da UC

: Parque Nacional da Chapada Diamantina.

Unidade Gestora Responsável: Superintendência Estadual do IBAMA na Bahia.

Endereço

: Avenida Juracy Magalhães Junior, 608 – Rio Vermelho. Salvador/BA. CEP: 41940-

060.

Endereço da Sede

: Rua Barão do Rio Branco, nº. 25. Palmeiras/BA. CEP: 46930-000.

Telefone

: 55 xx (75) 3332-2420.

Telefax

: 55 xx (75) 3332-2229.

E-mail

: parnadiamantina@yahoo.com.br

; parnadiamantina.ba@ibama.gov.br

Superfície

: 152.132ha.

Perímetro

: 356,16km.

Superfície da Zona de Amortecimento

: 318.357ha.

Perímetro da Zona de Amortecimento

: 529km.

Municípios Abrangidos pela UC e Percentuais

: abrange os Municípios de Andaraí, Ibicoara,

Itaetê, Lençóis, Mucugê e Palmeiras, com os seguintes percentuais:

Andaraí – 18,59% da área do Município é Parque e 23% do Parque estão no Município;

Ibicoara – 2,69% da área do Município é Parque e 1,84% do Parque estão no Município;

Itaetê – 0,18% da área do Município é Parque e 0,14% do Parque estão no Município;

Lençóis – 18,42% da área do Município é Parque e 14,58% do Parque estão no Município;

Mucugê: 32,38% da área do Município é Parque e 54,47% do Parque estão no Município;

Palmeiras –13,09% da área do Município é Parque e 5,97% do Parque estão no Município.

Estado Abrangido pela UC

: Bahia.

Coordenadas Geográficas

: 12°20’-12°25’ S e 41°35’- 41°15’ W.

Data de Criação e Número do Decreto

: Decreto Federal N°. 91.655, de 17/09/1985.

Biomas

: Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica.

Ecossistemas

: floresta ombrófila densa; floresta estacional semidecidual; mata ciliar; áreas alagadas; cerrado senso estrito; cerrado campo sujo; cerrado campo limpo; campo rupestre e

ecótonos. Ainda ocorrem ambientes próprios das diversas cavidades naturais, as quais

existem no Parque.

 

Visitação

: a atividade não está regulamentada, mas ocorre intensamente em diversas

áreas do Parque, como caminhadas, banhos, natação, escalada, rapel, acampamentos,

fotografia, contemplação, ciclismo, entre outras.

 

Resumo dos limites do PArque Nacional Chapada Diamantina

 

: i) norte: rodovia BR-242, entre a estrada BA-850 (que dá

acesso a Lençóis) e o acesso secundário para o povoado de Campos de São João; ii) oeste:

encosta da serra do Sincorá; iii) sul: segue ao norte da serra da Águia até atingir o córregoRiachão, passando pelo córrego Jibóia e o rio Samina; iv) leste: toma a base da encosta, cortao rio Invernada, atinge o rio Cumbuca e chega ao rio Mucugê, ao córrego Sertãozinho ouMoreira, até a sua foz no rio Paraguaçu. Volta para o rio Cumbuca, cruza a estrada BA-142,direção a Andaraí, e daí, por um caminho, até o povoado de Igatu; contorna o seu sítio urbanoe segue até a BA-142. Atinge a ponte do rio Coisa Boa, na BA-142, e cruza-o, seguindo-o por700m até um ponto em linha reta da ponte da BA-142. Segue em linha reta de cerca de2.300m até um ponto no rio Paraguaçu, situado a 1.000m, em linha reta, de uma ponte suasobre a BA-142. Segue pelo rio Paraguaçu até a ponte na BA-142, seguindo-a em direção aAndaraí, até a ponte sobre o córrego do Padre. Daí segue em linha reta, em sentido ONO, porcerca de 4.500m, até a cota aproximada de 1.009m. Sai segue por linha reta de cerca de6.950m, em sentido NE, até a ponte sobre o rio Santo Antônio, na BA-142. Segue pela BA-142em direção à BR-242, até uma estrada carroçável que leva à fazenda Lagoa Encantada,seguindo-a por cerca aproximada de 5.500m. Segue por uma linha reta, em direção ONO, porcerca de 5.700m até a cota de 431m. No sentido norte, segue por cerca de 1.800m, até a cota445m. Em linha reta, no sentido NO, vai até um ponto na margem esquerda do rio São José,em frente à foz de um tributário seu pela margem direita. Segue o rio São José, até um ponto na sua margem esquerda, junto à foz de um seu pequeno afluente; atravessa o rio São José esegue pelo afluente até o caminho para Lençóis. Segue pelo caminho, sentido Lençóis, atécruzar o rio Ribeirão; seguindo-o por cerca de 1.500m e depois por uma linha reta de cerca de

1.500m até a cota de 696m. Depois, sentido oeste, segue em linha reta de cerca de 2.300m,até a cota de 954m. Ainda no sentido norte, segue outra linha reta de cerca de 6.600m, atéatingir o caminho de tropeiros que sobe a serra dos Lençóis, vindo da Cidade de Lençóis.Ultrapassa-o, rumo norte, cerca de 300m e vira para SEE, em direção a Lençóis,paralelamente ao caminho de tropeiros, e, a 300m segue para o leste, por cerca de 1.600m,até a BA-850, que liga Lençóis à BR-242; segue pela margem esquerda da BA-850 até aconfluência desta com a BR-242, ponto inicial desta descrição.

Parque Nacional Chapada Diamantina

© 2015 by canta galo eco aventura